12 de Agosto 2016 - O “rei da kizomba” promete arrasar em Olhão na noite de 12 de agosto

A música angolana chega a Olhão na noite de 12 agosto. C4 Pedro, intérprete de temas conhecidos da novela da TVI “A Única Mulher” como Tu És a Mulher ou É Melhor Não Duvidar sobe ao palco do Festival do Marisco e promete muita sensualidade e ritmo. Recentemente, a BBC chamou-lhe mesmo “o rei da kizomba”.


No dia 12 de agosto, C4 Pedro, um dos músicos mais influentes da nova geração da música angolana, sobe ao palco do Festival do Marisco de Olhão para apresentar o seu mais recente álbum de originais “King Ckwa”.

Versátil, excelente intérprete, compositor, guitarrista e produtor, C4 Pedro apresentará, no Jardim Pescador Olhanense, temas que fazem parte do novo álbum, como o êxito Vamos Ficar Por Aqui e ainda os temas Tu és a Mulher Spetxa One, African Beauty (feat. Dj Maphorisa), Azar da Belita ou ainda Muita Areia, não esquecendo canções de álbuns anteriores.

“King Ckwa” chegou às lojas a 25 de setembro de 2015 e entrou diretamente para o quarto lugar do top nacional de vendas, tendo estado também em primeiro no iTunes (Portugal).

Este é um trabalho eclético que percorre sonoridades desde a pop ao afro beat, afro house, passando pelo r’n’b, zouk ou kizomba e inclui colaborações com artistas como Pérola, Zona 5, Big Nelo, Nelson Freitas, Dj Maphorisa, Kaysha, Edmázia, Prodígio e Francis.

C4 Pedro é um dos elementos do grupo B4, que terminou em setembro do ano passado, responsável pelos êxitos É Melhor Não Duvidar e Quem Será (O Verdadeiro Amor), temas que certamente não vão faltar no alinhamento deste concerto especial.

O músico e produtor é atualmente o mais solicitado por vários artistas nacionais e internacionais, e esteve também envolvido em vários êxitos como Bo Tem Mel (Nelson Freitas), ou Fica Parado (Pérola), entre muitos outros.

O intérprete de Azar da Belita começou a sua carreira na Bélgica mas diz que Angola “é o melhor lugar” para ele fazer música e mostrar o que cria ao mundo. “Kizomba é um ritmo muito apaixonado, romântico, podemos dançar, é um pouco como o tango e a salsa. Em primeiro lugar, faço este tipo de música porque é do meu país. Em segundo porque amo este género”, disse recentemente o cantor numa entrevista à BBC.

C4 Pedro conta que pensa no amor para fazer kizomba: “O amor é o mais importante no mundo, é por isso que gosto de falar sobre isso”.

O cantor, depois de ter lançado no ano passado o álbum “King Ckwa” assinou em janeiro deste ano um contrato com a editora Sony Music por um período de dois anos.