11 de Agosto 2016 - Vamos ver os Aviões na noite de 11 de agosto com Os Azeitonas

Quem És Tu Miúda ou Vamos Ver os Aviões são apenas dois dos temas mais conhecidos do grupo Os Azeitonas, que serão entoados por milhares de pessoas na noite de 11 de agosto, no Jardim Pescador Olhanense. Sim, Os Azeitonas vão ser as estrelas deste dia no Festival do Marisco!

“Um verdadeiro fenómeno de culto em Portugal”, afirmava a revista Blitz em 2010. Nenhuma frase resume melhor o percurso sinuoso e pouco ortodoxo desta banda portuense. Formada em 2002, numas férias de amigos, num misto de displicência e paixão pós-adolescente, foi com bastante surpresa que a banda (e o País) viu as suas canções, timidamente, chegarem a cada vez mais pessoas. A estreia discográfica deu-se em 2005, pela mão de Rui Veloso e a sua recém-formada editora, com Um Tanto ou Quanto Atarantado.

Mas foi no segundo disco, editado independentemente no fim de 2007, que incluía Quem És Tu Miúda e Nós Desenhos Animados (Nunca Acaba Mal), que as coisas começaram a mudar. Quem És Tu Miúda tornou-se no primeiro sucesso radiofónico da banda, e os concertos começaram a aparecer. E foi precisamente no palco que a banda se encontrou.

Concerto após concerto, Os Azeitonas foram-se afirmando como um verdadeiro fenómeno, apoiados sempre pelas suas canções, que iam encontrando no público o seu verdadeiro eco. No álbum seguinte, “Salão América” (2009) foi com Anda Comigo Ver os Aviões que o grupo atingiu verdadeiramente o merecido estatuto de banda pertencente aos lugares cimeiros no panorama da nova música nacional. Entre 2010 e 2012 a banda terá dado mais de 100 concertos.

Com o disco “AZ” (2013), vem o verdadeiro reconhecimento. Os singles Ray-dee-oh e Tonto de Ti tornam-se nalgumas das canções mais tocadas na rádio e, em novembro desse ano, Os Azeitonas esgotam os Coliseus do Porto e de Lisboa e fizeram história em duas noites verdadeiramente memoráveis, com mais de 40 músicos em palco, numa reprodução fiel e irrepetível do ambicioso “AZ”.

Foi deste espetáculo que surgiu o último trabalho da banda, “Serviço Ocasional”. O registo ao vivo do concerto no Coliseu do Porto, editado em CD e DVD, saiu em março de 2015 e entrou diretamente para o primeiro lugar do Top Nacional de Vendas, mais um feito inédito a marcar a história da banda.

Alvo de rasgados elogios por parte da crítica, este trabalho foi já destacado por algumas das principais publicações nacionais: “Canções como Lisboa Não É Hollywood ou Showbizz soam requintadas até mais não, e o “filme” do concerto mostra uma banda (numerosa) capaz de fazer a festa” (Blitz); “Gravado em novembro de 2013 para uma casa a rebentar pelas costuras (...) São músicas simples, mas repletas de uma inocência e nostalgia desarmantes. Talvez por isso, não raras vezes, ouve-se mais o público a cantar do que a própria banda” (Jornal de Notícias).

Em 2016, a banda continua a tournée “Serviço Ocasional”. Com um espetáculo de cara lavada, Os Azeitonas atacam a estrada com um sorriso nos lábios e ansiosos para ouvir o barulho das palmas no Festival do Marisco, em Olhão!